quarta-feira, 28 de abril de 2010

Um Ser Cósmico com Sabedoria.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Um Ser Cósmico com Sabedoria.




Um Ser Cósmico com Sabedoria.

Sábio Zé-dos-Anzóis, o guru quase infalível.
O Sábio Zé-dos-Anzóis,
 
guru quase infalível,
aconselha:
=============================
Diálogo 2 -

- Zé-dos-Anzóis, quem é o senhor?
 Sou um cidadão cósmico que
orbita espaços
multidimensionais em tempos diversos.
- Zé-dos-Anzóis, qual a sua profissão?

  Vivencio a ânsia da vida em múltiplas
funções representando personagens
consoante o meio que
me torno visível e/ou sensível e/ou
analisável para outros seres do universo.

-
Zé-dos-Anzóis, qual a data de teu nascimento?

Meu relógico biológico difere das marcações temporais terrestres e
consciencialmente sou eterno.
- Zé-dos-Anzóis, o senhor é um "chato"?
Não és o primeiro ser a pensar e fazer
esta correta afirmação e não serás  o último a ter esta convicção.
 
Estou me aprimorando, para o desespero
de muitos e de mim mesmo.

A sabedoria integral é e está  longíngua
na minha dimensão.



Zé-dos-Anzóis, quantos sábios
você conhece?


Esta pergunta é incompleta.
Pois  os pensamentos dos sábios não desaparecem ,
mas vivem em constante vivência com o cosmos.

Muitos se apoderam destes ensinamentos e até
admitem que sejam suas obras com originalidade
exclusiva.
Tudo isto fruto da simbiose cósmica da energia que
nos atinge a qualquer momento e constantemente
em nosso corpo e ao redor do que nos cerca.

Somos frutos desta constante troca de energias
criativas de todos os seres animados e inanimados.
Por isto, conheço  somente um sábio ou uma sábia,
pois no cosmos pouco importa o sexo da fonte criativa.

A concentração e expansão das energias são
as formas que sentimos e vemos todas as
coisas que os humanos qualificaram com
nomes em suas diversas línguas atuais,
passadas, existentes e inexistentes.

Beckhauser

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.laerciobeckhauser.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

1 comentários:


BLOGACIAA disse...
Vivencio a ânsia da vida em múltiplas funções representando personagens consoante o meio que me torno visível e/ou sensível e/ou analisável para outros seres do universo.

Nenhum comentário: